7499123974

Anuncie Aqui!

Após negociação de forças policiais, vítimas de sequestro são libertadas; criminosos queriam 1 milhão de reais

 Blog do Eloilton Cajuhy

Foto: Divulgação/Polícia Militar

As forças de segurança pública da Bahia, tendo à frente a Polícia Civil, através da 19ª Coorpin de Senhor do Bonfim, realizou uma grande operação nesta sexta-feira (09) para resgatar o empresário do ramo de farmácia, Juvenal Roberto Leite Filho, mais conhecido como Manau, sua esposa e uma funcionária, que foram feitos reféns por bandidos por volta das 9h da manhã em sua residência no Bairro do Derba, em nossa cidade.

A operação conjunta contou com a participação do Departamento de Polícia do Interior (Depin), da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco) e o Distrito Integrado de Polícia (Dip), com o apoio da Polícia Militar.

Após revirarem tudo na casa do empresário, os bandidos fugiram em direção ao município de Campo Formoso, levando Manau, sua esposa e uma funcionária como reféns. Na ação criminosa os elementos usaram o carro da própria vítima, um SW4, e outro veículo. A Polícia Militar de Campo Formoso montou várias barreiras, mas eles conseguiram escapar, sendo alcançados na localidade de Borda da Mata, no limite com o município de Mirangaba.

Neste momento, dois dos bandidos estavam com o carro de Manau. Segundo a PM, eles atiraram na direção dos policiais e foram alvejados no confronto. Socorridos pela PM, os dois morreram ao dar entrada no Hospital São Francisco de Campo Formoso.

Com a dupla a polícia encontrou uma pistola semi automática, .380; um revólver, calibre 38; seis cartuchos calibre .380, intactos; seis cartuchos calibre 38, sendo dois intactos e quatro deflagrados; o veículo SW4 do empresário; três celulares; duas correntes douradas; um anel dourado e 150 reais em dinheiro.


Material apreendido em poder dos bandidos – Foto: Divulgação/Polícia Militar

Negociação com sequestradores

O outro veículo usado pelos elementos, seguiu em direção à Jacobina. Nele, estavam as pessoas vítimas da ação dos bandidos. Após constatar que se tratava de um sequestro, a Polícia Civil iniciou as negociações com os sequestradores. Os detalhes não foram informados. Imediatamente foi instalada sala de Gerenciamento de Crises, quando o trabalho passou a ser conjunto das equipes do Depin, Draco e Dip. Segundo a polícia, os sequestradores passaram a exigir o pagamento da quantia de 1 milhão de reais como resgate.

Vítimas deixadas em Morro do Chapéu

As negociações duraram todo o dia, quando por volta das 20h, de acordo com a Polícia Civil, os sequestradores, pressentido não obter sucesso, e temendo a prisão, decidiram abandonar as vítimas, que foram deixadas numa fazenda no município de Morro do Chapéu. Após as três pessoas se dirigiram a casas vizinhas onde conseguiram contato com familiares, o 6°BPM de Senhor do Bonfim foi informado e acionou a Policia Militar de Morro do Chapéu que realizou o acolhimento das vítimas.

A 1ª Delegacia Territorial de Senhor do Bonfim seguirá com as investigações para identificar e prender todos os envolvidos na ação criminosa. Até a produção desta reportagem, a polícia ainda não havia identificado os dois elementos que morreram em confronto com a PM de Campo Formoso. Os corpos seguiam no necrotério do Hospital São Francisco

Postar um comentário

0 Comentários