Trabalhador morre após ser soterrado em obra da Embasa em Lauro de Freitas

 

             (Divulgação/Sintracom)

Um trabalhador da construção civil morreu, após ser soterrado em uma obra da Embasa, na noite desta segunda (30), na Rua Doutor Gerino de Souza Filho, em Lauro de Freitas, próximo à estação Aeroporto, do metrô de Salvador-Lauro de Freitas. A vítima foi identificada como Nilton Souza Santos. Ele era funcionário da empresa FPX Lander, prestadora de serviço para a Embasa.

De acordo com informações do diretor do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção e da Madeira no Estado da Bahia (Sintracom), Marcos César, a morte do trabalhador foi confirmada à 00h14, quando o corpo foi resgatado.

Segundo o Centro Integrado de Comunicações (CICOM) da Secretaria de Segurança Pública, o trabalhador estava em uma espécie de vala, em uma escavação, quando a terra deslizou e ele foi soterrado. Além de terra, a escavação ficou inundada e precisou ser drenada.

    Obra que vitimou o trabalhador fica na rua Doutor Gerino de Souza Filho, em Lauro de Freitas (foto: Sintracom)

Após o acidente, o Corpo de Bombeiros foi chamado. Uma retroescavadeira passou a auxiliar nas buscas para tentar encontrar Nilton Souza. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a Polícia Militar acompanharam o trabalho dos bombeiros.

O diretor do sindicato criticou a exposição dos trabalhadores na obra. Segundo ele, não havia escoramento da escavação. Ainda segundo Marcos César, a vítima trabalhava na função de ajudante comum e tinha menos de 30 dias de serviço. "A maioria da frente de trabalho todos são novatos sem a devida experiência e treinamento", criticou.

Fonte: Correio

Postar um comentário

0 Comentários