Segundo Limpurb, volume passou de 37 kg, registrados até terça-feira (15), para 81 toneladas, até a manhã desta sexta (18). Material está sendo alocado em depósito na sede do órgão.

Manchas de óleo chegam à praia da Pituba, em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1 BA
Manchas de óleo chegam à praia da Pituba, em Salvador — Foto: Alan Oliveira/G1 BA
Mais de 80 toneladas de óleo foram recolhidas das praias de Salvador nos últimos três dias, segundo informações divulgadas pela Empresa de 
Limpeza Urbana (Limpurb). De acordo com o órgão, o volume passou de 
37 quilos, registrados até terça-feira (15), para 81 toneladas, até a 
manhã desta sexta (18).
Segundo a Limpurb, uma força-tarefa atua na retirada das manchas das 
praias. Após ser pesado, o material está sendo encaminhado para um 
depósito temporário na sede do órgão, onde segue até que os órgãos ambientais responsáveis decidam o que será feito com a substância.
Conforme a Limpurb, até por volta das 12h, nenhuma nova praia tinha sido atingida na cidade. Porém, pequenas manchas foram encontradas 
novamente nas praias de Itapuã, Stella Maris, Praia do Flamengo, Boca do 
Rio, Ondina e Rio Vermelho, que já tinham sido atingidas e limpas anteriormente.
Tartaruga foi encontrada morta na praia de Ondina, em Salvador  — Foto: Andréa Silva/TV Bahia
Tartaruga foi encontrada morta na praia de Ondina, em Salvador  — Foto: Andréa Silva/TV Bahia
No início da manhã desta sexta-feira, uma tartaruga foi encontrada 
morta na praia de Ondina. Segundo testemunhas, o animal não 
apresenta sinais visíveis de manchas de óleo no corpo, porém a praia está contaminada desde a quinta-feira (17) e o caso pode ter relação 
com o problema. A situação será apurada.
Com esse caso, subiu para 11 o número de tartarugas encontradas 
mortas só neste mês, no litoral da Bahia. Os 10 animais achados antes desse tiveram a contaminação com o óleo confirmada como causa da 

Reações:

Postar um comentário

 
Top