IMG-20190926-WA0006-696x544
Doze assaltantes que pretendiam atacar bancos e carros-forte, no Sudoeste da Bahia, foram interceptados, na quarta-feira (25/09), por equipes das polícias Militar e Federal baianas, com apoio de unidades de Minas Gerais. Com a quadrilha foram apreendidos fuzis, explosivos, coletes, munições e veículos.
A ocorrência foi iniciada há uma semana quando o grupo passou a ser monitorado. Equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Litoral Norte, com suporte da PF, seguiram o bando por cidades baianas.
Ontem, na cidade de Encruzilhada, divisa com Minas Gerais, os policiais baianos fizeram aproximação e houve confronto. A quadrilha conseguiu fugir para o estado vizinho e foi perseguida. Na zona rural do município mineiro de Padre Carvalho houve nova troca de tiros entre criminosos e forças de segurança.
Após confronto, os assaltantes Levi Nunes de Araújo, 39 anos, Valmir Silva Lemos, 34, José Mendes de Sá, 36, e outros três ainda não identificados acabaram feridos e não resistiram. O restante da quadrilha fugiu por um matagal.
Com o bando foram apreendidos quatro fuzis calibre 7,62 e 5,56, cerca de 100 explosivos, 1.123 munições, entre elas algumas para fuzil russo modelo AK 47 e metralhadora antiaérea calibre 50, detonadores, estopins, coletes balísticos, três pistolas calibres 9mm e 40, carregadores, quatro veículos modelos Duster Oroch, Onix, Ka e Crossfox, além de capuzes, luvas e R$ 864 em espécie.
“Permanecemos com equipes no local fazendo o cerco para capturar os outros seis assaltantes. Sabemos quem é o líder da quadrilha e vamos chegar nele”, avisou o comandante da Cipe Litoral Norte, major Cis de Paula Bahiense.
.
Com informações da SSP-BA
Reações:

Postar um comentário

 
Top