Cantora tranquilizou fãs e contou motivo das dores intensas
csm_Ludmilla_74ad7f421aDepois de ser internada às pressas por conta de fortes dores na coluna que a impediram de “mexer da cintura para baixo”, a cantora Ludmilla obteve alta na manhã desta segunda-feira (13). Ludmilla foi encaminhada primeiro à Santa Casa de Cruzeiro, no interior de São Paulo, e depois transferida para um hospital de maior porte no Rio de Janeiro. Nos stories do Instagram, a cantora tranquilizou os fãs e explicou o motivo das dores. “Bom dia, galera.To passando aqui só pra tranquilizar vocês, pra dar notícia. Então, o que eu tive foram três hérnias de disco, e aí eu não conseguia andar, não conconseguia me sentar, não conseguia fazer nada, tava muito mal. Fui pro hospital, graças a Deus, to conseguindo ficar em pé, agora vou ficar fazendo fisioterapia, mas já já vou ta de boa, de volta, quebrando tudo com vocês”, comentou.
Ludmilla também agradeceu ao carinho dos fãs que, desde as primeiras notícias, se mostraram preocupados com o caso dela. “Queria agradecer a todas as mensagens, a todas as orações, a todas as energias positivas, continuem mandando, porque é sempre muito bom. Mas já já eu to de volta, viu gente, não foi nada muito grave não Já já eu to de volta.E é isso! Um beijo, tenham um bom dia, amo vocês!”, disse.
A funkeira carioca cancelou dois shows que faria neste sábado (11), nas cidades de Lorena e Cruzeiro, no interior de São Paulo, em razão do problema de saúde. Ela também cancelou a participação na Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão, neste domingo (12). Foi em entrevista ao colunista Leo Dias, que Ludmilla revelou não conseguir mexer as pernas. “Não consigo mexer da cintura pra baixo. Tinha dois shows hoje, um eu já perdi e o outro é de madrugada”, contou a cantora ao blog.
Em nota, a artista lamentou a impossibilidade de se apresentar e desculpou-se: “A cantora lamenta não poder fazer os shows, estar com os fãs e todo público que estaria presente. Mas, por orientações médicas e por não ter condições físicas neste momento, infelizmente a impediram de fazer o mais ama: cantar”.
.
Reações:

Postar um comentário

 
Top