Bonfinense é acusado de matar namorada a pedradas no DF

 

DADA-1

O Bonfinense Valdemar Medeiros Sobreira, de 46 anos, “Dada”, está sendo apontado como principal suspeito da morte da empresária, Karla Regina Vieira Pucci Guimarães, encontrada morta aparentemente por pedradas em sua funerária no Distrito Federal.

Na manhã desta segunda-feira, a reportagem do Blog do Netto Maravilha, foi informada que o Advogado Criminalista, Dr. Pedro Cordeiro, foi contratado pela família para fazer a defesa do suspeito.

Veja mais sobre o caso:

Empresária é morta a pedradas no DF; namorado é suspeito

Por Sthefanny Loredo, Vinícius Cassela e Marília Marques, TV Globo e G1 DF

Uma mulher de 48 anos foi encontrada morta, na tarde deste domingo (23), dentro da funerária onde trabalhava, na quadra 9 do Paranoá, no Distrito Federal. A vítima é Karla Regina Vieira Pucci Guimarães. O caso é investigado como feminicídio.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher teria sido morta por volta de 18h de sábado (22), a pedradas. O namorado da vítima, Valdemar Medeiros Sobreira, de 46 anos, é apontado pela investigação como o principal suspeito. Até a publicação dessa reportagem, ele não havia sido localizado.

CORREÇÃO: inicialmente, a Polícia Civil informou que o corpo de Karla havia sido encontrado dentro de casa. Na verdade, a vítima foi localizada dentro da funerária onde trabalhava. A informação foi atualizada às 18h31.

Ainda segundo a polícia, Karla era proprietária do estabelecimento e foi o filho dela quem encontrou o corpo e chamou a polícia. Ela e o namorado mantinham um relacionamento há seis meses e, de acordo com a investigação, moravam juntos em Sobradinho.

.

G1/Blog do Netto Maravilha

Postar um comentário

0 Comentários