Homem investigado por incendiar caminhão de lixo é preso com drogas no sul da Bahia

 

Outros 12 suspeitos de atear fogo a ônibus em Eunápolis também já haviam sido presos. À época dos incêndios, o transporte chegou a ser interrompido na cidade por falta de segurança e prejuízos.



Um dos suspeitos de fazer parte do grupo criminoso que ateou fogo a um caminhão de lixo em Eunápolis, no sul da Bahia, foi preso em um conjunto residencial na terça-feira (30) em uma operação de agentes da delegacia da cidade.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi flagrado com 74 gramas de cocaína e 11 mil embalagens que seriam utilizadas para armazenar droga, além duas balanças de precisão e dois cadernos com anotações.

O material apreendido foi levado para o Departamento de Perícia Técnica (DPT), para a realização da perícia, e o suspeito permanece aos cuidados do poder Judiciário.

Ele era investigado por ser um dos responsáveis pela série de incêndios ocorridos em Eunápolis, entre outubro dezembro do ano passado, onde três ônibus – além do caminhão de lixo – foram destruídos. No dia 11 de março, outros 12 foram presos em Eunápolis e Ilhéus e um dos líderes do grupo, conhecido como “Bode”, foi capturado em São Paulo.
Em dezembro o sistema de transporte chegou a ser interrompido na cidade por causa da falta de segurança. A empresa relatou prejuízo com os crimes e citou falta de subsídio da prefeitura. Após mais de um mês, os veículos voltaram a circular.

Em menos de uma semana, outro ônibus foi incendiado e transporte público voltou a ser paralisado em Eunápolis — Foto: Reprodução/TV Bahia

Do: G1/BA

Postar um comentário

0 Comentários