Dois homens foram presos, nesta quarta-feira (9), na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, durante uma operação da Polícia Federal da Paraíba, que cumpriu 34 mandados de busca e apreensão e 18 de prisão. 

Conforme a PF, o objetivo da operação é acabar com a ação de grupos criminosos responsáveis por um esquema de tráfico de drogas com atuação em Paraíba, Pernambuco, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, bem como no Distrito Federal. 

Segundo informações da PF da Paraíba, os dois homens, que não tiveram a identidade revelada, foram presos nas suas residências e tiveram documentos e celulares deles apreendidos. A suspeita é de que eles eram responsáveis por participar do transporte de drogas do Paraguai para o Brasil. A PF da Paraíba informou que a Operação Aratu investiga dois grupos. O primeiro era conhecido como “Grupo Sertão” responsável pelo transporte da droga e o segundo, conhecido como “Grupo Capital”, que fazia a distribuição.

Os grupos criminosos eram investigados há dois anos. A PF apreendeu, durante o período de investigação, diversos carregamentos de drogas e armas de fogo de grosso calibre. Também foram descobertas informações que ajudaram na apuração de crimes como homicídio e sequestro. 

Ao todo foram cumpridos 34 mandados de busca e apreensão nos estados da Paraíba, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, bem como no Distrito Federal, além dos 18 mandados de prisão na Paraíba, Bahia, Pernambuco e no Distrito Federal. 


Um mandado de busca e apreensão foi cumprido no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, em Pernambuco. 

Participam dessa fase da investigação 200 policiais federais. De acordo com a PF, os investigados devem ser indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ou porte de arma de fogo de uso restrito.

G1/BA
Fotos: Policia Federal
Reações:

Postar um comentário

 
Top