Brasileiro entra em cena na noite deste sábado (19) para enfrentar o holandês Overeem, em Orlando, nos Estados Unidos
A expectativa é grande. Depois de quase um ano sem lutar, o brasileiro Junior Cigano vai voltar aos octógonos. Neste sábado (19) o paranaense radicado na Bahia entra em cena para enfrentar o holandês Alistair Overeem. O duelo é aguardado com ansiedade por Cigano e vale uma vaga como desafiante ao título de campeão dos pesos-pesados do UFC.
“As pessoas podem esperar o Cigano de sempre, agressivo, buscando pela luta, e acredito que um pouco mais confiante também. Independente de onde a luta for, vou estar mais preparado para aproveitar as oportunidades. Então, vai ser um pouco do que ele (Overeem) vai me dar. Se ele me der a chance de nocaute, vou buscar o nocaute, se ele me der a chance de finalização, vou para a finalização, se for por pontos, também aceito. Vou vencer onde a luta cair. A vitória é o que interessa”, disse Cigano em entrevista ao Combate.
Cigano quer voltar a disputar o título de campeão dos pesos-pesados do UFC (Foto: Reprodução)
Treinando na Flórida, nos Estados Unidos, desde o início do ano, Junior Cigano garante que está mais confiante e quer voltar a ser o dono do cinturão da categoria, que hoje pertence ao também brasileiro Fabricio Werdum. “Só reforçando, eu não quero lutar com o Werdum, na verdade o Werdum pouco importa para mim. O que importa é o que ele tem agora, que é o cinturão. Antes, até eu dei uma promovida na luta, porque a minha intenção era lutar pelo cinturão depois que ele ganhou. Mas acabou que não deu certo”, conta o lutador.
Provocações
Enquanto a chance de disputar o título da categoria não chega, Cigano segue focado no duelo contra Overeem. Diferente de outros tempos, ele afirma que não quer cair nas provocações do holandês e está focado apenas na chance de voltar a ser campeão do mundo.
“O Alistar é um cara bastante polêmico, sempre foi, né? Fala muito, mas para mim pouco importa. Eu não dou tanta atenção para esse tipo de coisa, não é meu estilo falar, não gosto de faltar com respeito com o meu adversário ou quem for. Não ligo para essas coisas, entendeu? Deixa ele lá do jeito que ele gosta de ser, mas agora ele está tranquilo. É mais uma luta, mais um oponente, não tenho nada contra ele, não significa nada a mais para mim, o que significa realmente é a vitória”, disse Cigano.
Além do duelo entre Junior Cigano e Overeem, o último evento do UFC em 2015 terá a disputa do cinturão dos pesos-leves entre o brasileiro Rafael dos Anjos e o americano Donald Cerrone. Confira o carda completo do evento:
UFC: Dos Anjos x Cerrone
19 de dezembro, em Orlando (EUA)
CARD PRINCIPAL – a partir de 22h (horário de Salvador)
Peso-leve: Rafael dos Anjos x Donald Cerrone
Peso-pesado: Junior Cigano x Alistair Overeem
Peso-leve: Michael Johnson x Nate Diaz
Peso-palha: Randa Markos x Karolina Kowalkiewicz
CARD PRELIMINAR – a partir de 17h30 (horário de Salvador)
Peso-pena: Charles do Bronx x Myles Jury
Peso-médio: CB Dollaway x Nate Marquardt
Peso-galo: Sarah Kaufman x Valentina Shevchenko
Peso-médio: Josh Samman x Tamdan McCrory
Peso-leve: Nik Lentz x Danny Castillo
Peso-pena: Cole Miller x Jim Alers
Peso-meio-médio: Leon Edwards x Kamaru Usman
Peso-meio-médio: Hayder Hassan x Vicente Luque
Peso-pesado: Luiz Henrique “KLB” x Francis Ngannou

Fonte: correio24horas
Reações:

Postar um comentário

 
Top