O que era uma celebração de formatura na noite desta quinta-feira, 10 de dezembro, se transformou em tragédia quando o professor Sandro Romilton e sua esposa Lúcia, os dois de Juazeiro, tomaram conhecimento que sua filha de apenas 7 anos, fora barbaramente assassinada numa das dependências do tradicional colégio petrolinense, Maria Auxiliadora.

De acordo com informações colhidas entre familiares, a garotinha Beatriz Angélica Mota, brincava normalmente com outras crianças durante o evento de formatura quando os pais perceberam sua ausência momentânea e passaram a procurá-la. O corpo da criança foi encontrado minutos depois já sem os sinais vitais e com várias perfurações de arma branca.

Um clima de desespero tomou conta de todos e os pais, em estado de choque, receberam apoio médico, de familiares e amigos que começaram a chegar ao local.

A polícia civil e militar de Pernambuco iniciou diligências no local para tentar encontrar alguma pista, mas até o fechamento desta matéria ainda não tinham anunciado nenhuma linha de investigação.

O corpo da garotinha foi encaminhado ao IML.

Geraldojose
Reações:

Postar um comentário

 
Top