Segundo Polícia Civil, Felipe Griotti seria o contador de táxis do traficante Xandi

Por Porto Alegre
Preparador de goleiros da base do Inter foi preso na última segunda (Foto: Foto: Polícia Civil/Divulgação)Preparador de goleiros da base do Inter foi preso na última segunda (Foto: Foto: Polícia Civil/Divulgação)
O preparador de goleiros do sub-15 do Inter Felipe Griotti foi preso na última segunda-feira por suspeita de ligação com o tráfico de drogas em Canoas. Segundo o diretor do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) Emerson Wendt, Griotti faria consultoria de lavagem de dinheiroda quadrilha liderada pelo traficante Alexandre Goulart Madeira, o Xandi:
– Durante a investigação, descobrimos que ele fazia a consultoria da lavagem de dinheiro. Ele fazia a contadoria dos táxis do Xandi. Isso foi confirmado durante a investigação.
A situação pegou o Inter de surpresa. O diretor-geral da base, Vilmar Freitas, diz que Griotti sempre teve uma boa relação no clube, e o departamento jurídico já foi acionado para resolver o assunto:
– Foi uma surpresa total para todos nós. O menino está há muito tempo lá. Sempre teve um comportamento adequado. Estamos nos inteirando sobre o que ocorreu.
Xandi foi executado em janeiro em Tramandaí, no litoral norte do Rio Grande do Sul. O traficante ficou conhecido depois que um grafite com o rosto dele foi pintado na fachada do prédio. A Operação Contatore é a terceira fase da Laranja Mecânica, que descobriu que o grupo criminoso chefiado por ele usava empresas de fachada, táxis e imóveis para lavar dinheiro do tráfico de drogas.
Reações:

Postar um comentário

 
Top