1ae1 CBF comprova sua incompetência. Confirmada suspensão de Neymar. Não joga contra Chile e Venezuela. Frustração de Dunga e revolta na Globo...
Uma enorme fracasso jurídico da CBF. O Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça, acaba de negar o fim da suspensão de Neymar. A briga que provocou na Copa América contra a Colômbia custou quatro partidas. A CBF não quis recorrer, acreditando que a punição valeria apenas para a próxima competição continental. Só que valia para as Eliminatórias. E o principal jogador do Brasil está fora da estreia contra o Chile, em Santiago, e também do confronto contra a Venezuela, em Fortaleza.
Os três juízes foram unânimes em rejeitar o pedido da CBF. O grego Sófoklis Pilavios, o suíço Marco Bolnelli e o britânico Phillip Sands.
O coordenador de Seleções, Gilmar Rinaldi, e o técnico Dunga tinham a certeza. Neymar escaparia da suspensão.
"O regulamento da Copa América tem de valer para a Copa América. Não tem lógica valer para as Eliminatórias. Estamos confiantes. O Neymar vai escapar das suspensões", me assegurou Rinaldi.
Só que não foi o que o departamento jurídico da Fifa julgou. A CBF se desesperou e tentou o último recurso. O Tribunal Arbitral de Esporte também disse não à entidade.
A derrota frustra Dunga. Ele tinha como última esperança uma surpreendente mudança do quadro. Abalar a confiança da Seleção Chilena. Frustrar os planos de Sampaoli. E na última hora ter o atacante para o confronto da próxima quinta-feira.
2af 1024x576 CBF comprova sua incompetência. Confirmada suspensão de Neymar. Não joga contra Chile e Venezuela. Frustração de Dunga e revolta na Globo...
A CBF desejava ardorosamente ter Neymar pelo menos no confronto em Fortaleza. Não pelo aspecto técnico, contra a Venezuela. Mas por usar a partida para fazer as pazes com a torcida brasileira, frustrada com a Copa do Mundo e com a Copa América.
O que sabotou os planos da CBF foi o relatório do árbitro chileno Enrique Osses. Nele a situação após a derrota do Brasil contra a Colômbia acabou sendo descrita nos mínimos detalhes. Neymar ficou esperando o juiz passar por ele, dentro do vestiário, longe das câmeras. O atacante o segurou pela camisa e disse, raivoso. Em bom espanhol.
"Quieres hacerte famoso a costa mía, hijo de puta!" A tradução é simples. "Quer ficar famoso às minhas custas, filho da puta!" O delegado da partida, o uruguaio Washington Rivero, colocou no seu relatório que Osses foi 'quase agredido' por Neymar.
Diante desse vergonhoso quadro, Neymar segue suspenso.
Há um grande clima de revolta na Globo, emissora com o monopólio das Eliminatórias.
O clima de preocupação com as chances de a Seleção não se classificar para a Copa é real.
Já não conseguiu disputar a Copa das Confederações em 2017 na Rússia.
Galvão Bueno, voz oficial da emissora, cobrou o tempo todo Marco Polo del Nero.
Exigia que o dirigente acompanhasse os sorteios dos jogos.
Assim como o julgamento de Neymar.
5ae CBF comprova sua incompetência. Confirmada suspensão de Neymar. Não joga contra Chile e Venezuela. Frustração de Dunga e revolta na Globo...
A presença do presidente da CBF na Suíça resguardaria a Seleção.
Mas Marco Polo se nega a sair do Brasil.
Tem medo de ser extraditado para os Estados Unidos.
As investigações do FBI em relação aos membros da Fifa seguem.
Elas já prenderam o ex-presidente José Maria Marin.
Sem Marco Polo, o Brasil perdeu representatividade.
Ele já avistou que não irá sequer para Santiago.
Não estará na estreia do Brasil contra o Chile.
A ausência de Neymar nos dois confrontos é um golpe.
A Globo sabe que perderá audiência.
Assim como Dunga tem certeza que seu time estará mais fraco.
A confirmação acontece em um dia que deveria ser de festa.
Neymar, assim como Philippe Coutinho e Willian estão na lista dos 59 melhores jogadores do mundo. Aqueles que disputarão a Bola de Ouro na Fifa. Assim como Guerrero e Diego Costa. A lista foi revelada pelo jornal italiano Gazzetta dello Sport.
Mas a festa virou frustração.
Se a CBF tivesse recorrido para a organização da Copa América do Chile, a chance de Neymar ser perdoado era enorme. Mas a entidade não se preocupou. Pensou que ele ficaria fora dos dois primeiros jogos da competição que será disputada nos Estados Unidos, no próximo ano.
Mas os responsáveis do departamento jurídico quase caíram de costas. Se desesperaram quando souberam que a suspensão valia para as Eliminatórias.
Aí, já era tarde.
Hoje, a derrota definitiva.
Mais uma demonstração absurda de incompetência...
1ae CBF comprova sua incompetência. Confirmada suspensão de Neymar. Não joga contra Chile e Venezuela. Frustração de Dunga e revolta na Globo...
Reações:

Postar um comentário

 
Top