Tradição marcada pela fé

De várias partes do país, devotos caminham em direção ao Santuário de Aparecida. Fiéis que são movidos pela fé, caminham por horas na rodovia em busca de um milagre, para cumprir uma promessa feita ou como um sinal de fé. Mesmo na pandemia e sem as missas abertas ao público neste ano, os devotos não deixaram a tradição passar em branco .



Pela sétima vez, o andorinhense Tom Souza realiza a caminhada de 170km a pé até o Santuário de Aparecida, em SP. O inicio da 11ª edição da caminhada aconteceu no dia 09 de outubro de 2020


Mais de 60 quilômetros por dia enfrentando chuva, sol, frio, calor e cansaço, o andorinhense saiu da  zona norte em São Paulo, antes da partida o mesmo compartilhou momentos com oo grupo nas rede sociais.

Chegou o dia tão esperado por nos,11° caminhada de fé, 170 km até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, orem por nos para que tudo ocorra bem, estaremos em oração por todo.s



*SER ROMEIRO...*
É acreditar que os sonhos vão se realizar sempre.
É ir ao encontro dos limites... E supera-los.
É dar um passo de cada vez.
É rir muito quando alguém diz: É logo ali.
É ser um profundo conhecedor de bolhas nos pés.
É importar-se mais com as bolhas do irmão do lado do que propriamente com as suas.
É valorizar o que se tem.
É ter o essencial e ser feliz com isso!
É amar os amigos!
É amar as estradas.
É se por ao caminho mesmo que chova muito.
É ser rezar em silêncio ou cantando.
É dormir em qualquer lugar, e achar o máximo.
É comer o que está na mesa sem reclamar.
É ver a natureza com outros olhos.
É ter centenas de fotos, e não se cansar de olhar para elas e contar a história de cada uma.
É encher os olhos de lágrimas quando ouve falar da Romaria a pé até Aperecida.
É viver cada dia com alegria e prazer.
É ter a certeza que o pior sempre passa.
É acreditar que depois de uma subida... Tem outra subida.
É ter uma grande capacidade de aprender... Improvisar... E inventar.
É não se importar de tomar banho frio... Ou até gelado!
É lavar a cabeça com sabonete.
É adorar comer a beira da estrada.
É ficar alguns dias sem se barbear, e não ficar nervoso por isso.
É mesmo muito cansado, sair para conversar com os amigos.
É dormir mesmo ouvindo os piores e mais altos roncos.
É querer compartilhar sempre.
É ter a certeza que a vida é mais colorida.
É chamar a Nossa Senhora Aparecida de: Mãezinha.
É não saber porque fez o Caminho, mas ter aquele frio na barriga de que foi a melhor coisa da sua vida...
É ter certeza que vai fazer outra vez...
É identificar um romeiro no meio de centenas de pessoas...
É pensar 2, 3, ou até 4 vezes antes de comprar um calçado.
É preferir o mais confortável sempre...
É ter saudades do caminho todos os dias.




A única coisa impossível. E aquilo que você não tenta. 170km bem árduos, momentos que vc se pergunta o q fazendo ali,aí vai vencendo km pós km e sente que o que esta fazendo e a coisa mais gratificante. 7° peregrinação, andarilho como alguns amigos me chamam kkkkkkk. Parei vou no apoio agora

Que nossa senhora Aparecida caminhe ao nosso lado,abençoando nossos passos, iluminando nossas escolhas e fazendo de nossas vidas uma comunhão de fé .



Reações:

Postar um comentário

 
Top