Após uma diligência no distrito de Palmeirinha, município de Jacobina, agentes do Conselho Tutelar e prepostos da Guarda Civil Municipal de Jacobina apresentaram na delegacia local um homem de 52 anos, acusado de estupro de vulnerável.

Segundo informações, durante a operação instigada após uma denúncia anônima, os agentes do Conselho constataram que o acusado convivia maritalmente com a menina de 12 anos de idade em sua residência na Palmeirinha.

Diante dos fatos o acusado foi apresentado na delegacia de Jacobina para o registro da ocorrência. Na delegacia, o acusado disse em depoimento ao delegado plantonista, Dr Damião Lacerda, que a menina era sobrinha da mulher com quem ele era casado e se separou recentemente. Após a separação a menina disse que não queria ir com ela, e ficou em sua casa, quando passaram então a viver como casal.

O delegado disse que a menina confirmou a história, e que o homem alegou que não sabia que a convivência dos dois era ilegal, mas diante do relato o homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável, ficando a disposição da Justiça.

A menina foi deixada pelo Conselho Tutelar sob a guarda de outra tia.

Fonte: Bahia Acontece
Reações:

Postar um comentário

 
Top