Hoje (16), Policiais Civil do S.I. da 19ª COORPIN, cumpriram mandado de busca e apreensão e prisão temporária, representados pela Autoridade Policial Titular da cidade de Senhor do Bonfim, em desfavor de Márcio Santos de Cerqueira, 47 anos e Lauro Cardoso da Silva, 54 anos, pelo crime de aborto.
O Márcio engravidou a vítima e mediante fraude tentou fazer com que ela consentisse o aborto, o que de início houve o consentimento, mas em seguida a vítima voltou atrás da sua decisão e não queria fazer o aborto.
Segundo a investigação, Márcio passou a pressionar a vítima para que ela consentisse o aborto, onde a levou para casa do Lauro e lá foi feito o procedimento com uso de ferramentas próprias para causar aborto e ingestão de medicamentos, no entanto, o feto não morreu de imediato, conforme exame de ultra som, realizado no dia 07 deste mês, após a vítima passar mal com hemorragia e febre e ser levada ao hospital, realizou-se outro exame de ultra som, e ficou constatado a ausência de sinais vitais no feto, no dia 13 do presente mês, consumando assim o aborto e consequentemente submetida ao centro cirúrgico, para retirada do feto.
Foi pago pelo Márico à Lauro a quantia de R$ 1.400,00 pelo aborto. Ambos estão presos a disposição da justiça.
Reações:

Postar um comentário

 
Top