Foto: Notícias de Santaluz
O jovem Romeu do Carmo Matos, que completou 23 anos no último sábado (2), ficou gravemente ferido após ser agredido por quatro indivíduos no povoado Roça de Dentro, zona rural do município de Araci, região sisaleira da Bahia. Segundo familiares de Romeu, a agressão ocorreu na noite deste domingo (3), quando a vítima estava com amigos em um bar da comunidade.
O jovem, que reside no povoado de Miranda, localizado na zona rural de Santaluz, foi atingido com uma garrafada no rosto no momento em que saía do banheiro do estabelecimento. Ainda de acordo com os relatos de parentes da vítima, Romeu não conhece os agressores e não houve qualquer tipo de provocação por parte dele.
A vítima foi socorrida por populares e levada para o hospital de Santaluz, onde permanecia internada até a publicação desta matéria, enquanto aguardava liberação da central estadual de regulação para ser transferido. Por causa da pancada na cabeça, ele deve ser submetido a uma tomografia. O jovem também sofreu ferimentos na testa e na região da boca. O estado de saúde dele é estável.
Segundo informações de populares, após a agressão os indivíduos fugiram em um carro Citroen Air Cross, de cor branca, com placa de Salvador, e capotaram o veículo em uma estrada vicinal. Ainda de acordo com populares, eles conseguiram desvirar o carro, que ficou bastante danificado, e seguiram viagem até o distrito de Pedra Alta, onde abandonaram o automóvel.
Foto: Notícias de Santaluz
A Polícia Militar disse que foi acionada por causa do abandono do veículo e quando se deslocava para Pedra Alta encontrou os suspeitos andando na estrada, sendo três moradores de Araci e um de Camaçari, onde o automóvel teria sido alugado. Entretanto, conforme a PM, ao serem questionados, eles contaram uma versão diferente, alegando que fugiram do povoado após serem ameaçados por populares, que teriam quebrado um dos vidros do carro.
Sobre o acidente, os indivíduos disseram que o condutor teria perdido o controle e capotado enquanto eram perseguidos por homens a bordo de duas motos. Contudo, segundo a polícia, os suspeitos não contaram nada sobre a agressão ao jovem e, por isso, foram liberados. Ainda de acordo com a Polícia Militar, no início da madrugada desta segunda-feira (4), os suspeitos foram deixados no hospital de Araci, já que um deles estava reclamando de dores na clavícula.
Familiares de Romeu informaram que vão procurar a polícia para registrar queixa contra os suspeitos. “Nós ficamos sabendo que eles tinham capotado o carro e abandonado o veículo em Pedra Alta, mas somente na manhã de hoje (segunda-feira) que soubemos que eles foram abordados pela Polícia Militar, mas foram liberados após omitir que estavam fugindo por causa da agressão. Já estamos tomando as providências para que a situação não fique impune”, afirmou um irmão de Romeu, que pediu para não ser identificado.
Notícias de Santaluz

Reações:

Postar um comentário

 
Top