Viaturas na rua onde crime aconteceu, em Cosme de Farias. Crime chocou vizinhança (Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
A adolescente de 16 anos suspeita de matar o próprio filho, o bebê Moisés Ângelo dos Santos, de 4 meses, tinha discutido com o namorado, o micro-empreendedor Edmundo dos Santos, 52 anos, na noite de domingo (3). A informação foi divulgada pela delegada Ana Virgínia Paim, da Delegacia Para o Adolescente Infrator (DAI), que está à frente do caso.
O fato aconteceu no Bairro de Cosme de Ferias, em Salvador, na madrugada de domingo (03), na casa onde o casal mora. O crime chocou a vizinhança.
De acordo com ela, a suspeita ficou com raiva depois de brigar com o companheiro. “Ela falou que foi dormir com raiva, porque o seu companheiro [Edmundo] havia pedido para ela sair do computador para ir dormir, já que a criança ia para o pediatra na manhã desta segunda”, informa Ana Virgínia. Ainda segundo a delegada, a adolescente admitiu que jogou a criança no tanque de água por volta das 2h.
“Ela acordou de madrugada, pegou o bebê dormindo, jogou a criança no tanque e depois ficou olhando ele se debater na água”, comenta.
Em seguida, conforme a investigação, a adolescente tampou o tanque e desceu para dormir. A suspeita, segundo a delegada, consegue contar o relato “tranquilamente”. “Ela chorou enquanto prestava depoimento e disse estar arrependida, mas a percepção é que talvez ela esteja preocupada com as consequências do crime. Nada indica que ela tenha algum tipo de transtorno mental e, visualmente, nada leva a crer que ela fez algum uso de drogas ou bebidas“, completa Ana Virgínia.
Na manhã desta segunda, a adolescente, junto com a mãe, a manicure Michelle Cristina dos Santos, 38, e o namorado da jovem prestaram depoimento sobre o caso. Ao CORREIO, a manicure lamentou o crime cometido pela filha.
“Eu sou fraca de dinheiro, mas sei que dei o meu melhor na criação dela. Quando ela engravidou, eu dei apoio, porque o pai da criança não quis conta. Não sei por que ela fez isso, não sei mesmo”, declara Michelle.
A adolescente foi apreendida em flagrante e encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML), pela manhã, a fim de fazer exame de corpo de delito.
Moisés Ângelo, de 4 meses, se afogou em tanque (Foto: Reprodução/Mauro Akin Nassor/CORREIO)
DNA
O namorado da adolescente, Edmundo dos Santos, que é dono de uma lan house no bairro, foi quem achou a criança sem vida por volta das 6h. O bebê ainda estava no tanque de água, que fica na cobertura da casa.
De acordo com ele, no final da manhã de domingo a suspeita saiu de casa, na Rua Baixa da Silva, em Cosme de Farias, para ir até a casa do pai da criança, de prenome Luis, na localidade de Pititinga, que fica no mesmo bairro.
Ela, segundo Edmundo, foi até lá para ver questões relacionadas à pensão do bebê. “Ela chegou dizendo que o pai da criança tinha pedido o DNA, dizendo que o bebê não era dele“, cita.
*Correio
Reações:

Postar um comentário

 
Top