Foto: Divulgação/SSP
Antes de ser preso, Joselito enviou mensagem a comparsa querendo saber se polícia ainda estava na localidade | Foto: Divulgação/SSP
Um homem identificado apenas como Joselito, suspeito de integrar uma quadrilha de assalto a banco, foi preso no fim da manhã desta segunda-feira (9), na região do bairro Valéria, em Salvador, durante uma operação deflagrada pelas polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal (PRF). No celular do criminoso, os policiais encontraram uma mensagem enviada pelo aplicativo WhatsApp em que ele pergunta a um comparsa, identificado como Zelito, se a operação ainda estava ocorrendo. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Joselito foi parado em uma blitz da PRF sem documentos e encaminhado para equipes da PM. Após depoimento inicial, os policiais foram até a casa dele, onde foram apreendidos pouco mais de R$ 300 em notas, que, segundo a polícia, foram retiradas de um caixa roubado por ele e comparsas. Segundo a SSP, as notas foram manchadas pelo sistema de segurança dos bancos, que jogam tinta nas cédulas quando algum terminal de autoatendimento é violado. No imóvel, também foram apreendidos oito celulares.
Notícias de Santaluz
joselito
Material apreendido pela polícia na casa de Joselito | Foto: Divulgação/SSP
Reações:

Postar um comentário

 
Top