Veículos Queimados por criminosos durante tentativa de roubo á mineradora em Teofilândia | Foto: Leitor do Notícias de Santaluz
Veículos queimados por criminosos durante tentativa de roubo á mineradora em Teofilândia | Foto: Notícias de Santaluz
Dois homens suspeitos de participarem da tentativa de assalto a Mineração Fazenda Brasileiro, mina de ouro pertencente à Brio Gold, subsidiária da mineradora canadense Yamana Gold, localizada na zona rural de Teofilândia, região sisaleira da Bahia, foram baleados na madrugada desta segunda-feira (26), durante uma troca de tiros com policiais militares do 16º Batalhão.
Segundo a polícia, a informação foi confirmada por pessoas que foram feitas reféns pela quadrilha, entre funcionários da minerados e moradores da região. Durante a fuga, os criminosos deixaram o grupo de 11 pessoas no povoado de Poço Grande, zona rural de Araci, por volta das 2h. Conforme a PM, testemunhas contaram que um dos bandidos foi alvejado no abdômen e outro na boca. Na manhã desta segunda, a polícia divulgou alerta informando que eles podem procurar atendimento médico em hospitais da região.
Bandidos causam terror na região
A tentativa de roubo ocorreu no início da madrugada desta segunda-feira (26), pouco antes da meia-noite. De acordo com a Polícia Militar, a ação teve início quando cerca de 50 homens fortemente armados bloquearam a BR-116/Norte, na altura do povoado do Barreiro, e roubaram alguns veículos, entre eles um caminhão-baú que seguia do Rio de Janeiro para Fortaleza, além de outros automóveis de pequeno porte. Entre os reféns identificados pela polícia estão três homens que viajavam com destino ao estado do Rio Grande do Norte.
Logo em seguida, conforme a PM, o grupo seguiu sentido à cidade de Teofilândia, fazendo disparos de arma de fogo. Antes de chegar a mineradora, a quadrilha ateou fogo em três veículos, sendo um próximo à Vila da Mineração e dois a cerca de cem metros da localidade, para tentar impedir a aproximação da polícia. Outros dois carros foram usados para arrombar o portão de acesso à mina.
Criminosos usaram veículos roubados para arrombar portões de acesso a mineradora | Foto: Leitor do Notícias de Santaluz
Criminosos usaram veículos roubados para arrombar portões de acesso a mineradora | Foto: Notícias de Santaluz
Informações divulgadas pela polícia dão conta de que os bandidos não conseguiram levar o ouro, apesar de terem feito explosões, porque o cofre estaria vazio. Na fuga, houve troca de tiros entre policiais militares e assaltantes, momento em que dois criminosos teriam sido baleados. Uma viatura da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto) também foi alvejada, e dois policiais ficaram  feridos, um na mão e o outro no joelho. Onze pessoas, entre funcionários da mineradora e moradores da região foram feitas reféns durante a fuga e liberadas no povoado de Poço Grande, zona rural do município de Araci. As vítimas foram encaminhadas à delegacia da Polícia Civil de Teofilândia, onde prestaram depoimento. A PM realiza buscas pela região, mas até a publicação desta reportagem nenhum dos envolvidos no crime havia sido preso.
Notícias de Santaluz
Reações:

Postar um comentário

 
Top