Cafeteros jogam bem, vencem com gols de James Rodríguez e Cuadrado e assumem a segunda posição na tabela das eliminatórias. Após bom início na competição, time equatoriano cai para a sexta posição

RESUMÃO

  • DESTAQUECOLÔMBIA DE VOLTA
    Pékerman estava pressionado, James Rodríguez era constantemente criticado e chegou a hostilizar a imprensa, e a Colômbia não estava convencendo. Tudo mudou na noite desta terça-feira. Com grande atuação, os cafeteros venceram o Equador por 2 a 0, no Olímpico Atahualpa, em Quito, e assumiram momentaneamente a segunda posição das eliminatórias. Os equatorianos, por sua vez, ficam fora da zona de classificação para a Copa do Mundo pela primeira vez.
  • DESTAQUECOMO FICA?
    Com a vitória, a Colômbia chega aos 24 pontos e assume momentaneamente a segunda posição das eliminatórias. Os cafeteros torcem para a derrota do Uruguai diante do Peru, que deixaria a equipe na vice-liderança. O Equador, que teve ótimo início nas eliminatórias, deixa a zona de classificação para a Copa pela primeira vez. É o sexto, com 20 pontos. A Argentina agradece... veja a tabela completa!
  • DESTAQUEVITÓRIA TRANQUILA
    A Colômbia repetiu a tática de sua melhor atuação nas eliminatórias até agora - justamente contra o Equador, no primeiro turno. Atraiu o adversário para o seu campo e apostou nos contragolpes. Assim, praticamente anulou as jogadas dos equatorianos. E foi mortal na frente, principalmente com a inteligência de Cardona, que ganhou espaço na equipe na vaga de Macnelly Torres. Aos 20 minutos da primeira etapa, James abriu o placar, depois de belo cruzamento de Borja da esquerda. Aos 33, Cardona acionou o camisa 10 na esquerda, e ele cruzou para o gol de Cuadrado: 2 a 0. Na segunda etapa, o time de José Pékerman controlou o jogo, se aproveitou da expulsão de Luis Caicedo logo aos 15 minutos e garantiu a importante vitória.
  • DESTAQUEDEPOIS DE 21 ANOS...
    A Colômbia quebrou um jejum de 21 anos. Não vencia o Equador em território equatoriano desde 1996 pelas eliminatórias. Antes do triunfo desta terça, o último triunfo cafetero havia sido no dia 9 de outubro de 1996, por 1 a 0, com gol de Asprilla. De lá para cá foram quatro jogos, com duas vitórias equatorianas e dois empates. Em toda a história, são nove confrontos entre as duas equipes pelas eliminatórias no Equador, com três vitórias dos donos da casa, quatro empates e, agora, dois triunfos colombianos.
  • DESTAQUEPALMEIRENSES BEM
    Os palmeirenses Yerry Mina e Miguel Borja foram titulares da Colômbia. O atacante desbancou Bacca, que começou no banco, e foi destaque da equipe. Borja se movimentou bem, abriu a defesa rival e deu um lindo passe para o gol de James Rodríguez, de trivela. Mina, apesar de cometer duas faltas perigosas no jogo, também foi destaque na marcação imposta pelos colombianos, que deixou a vitória tranquila para os cafeteros.
Reações:

Postar um comentário

 
Top