Duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas após uma perseguição policial no bairro da Boca do Rio, por volta das 20h desta quinta-feira (2). De acordo com informações do capitão Thomas, da Operação Apolo, da Polícia Militar, três bandidos, a bordo de um veículo já conhecido por praticar assaltos na região, assaltaram cinco pessoas na Estrada das Barreiras e tentaram assaltar mais três na Boca do Rio.
Foi quando uma viatura PETO da 39ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Boca do Rio) percebeu o assalto e iniciou uma perseguição na Rua Simões Filho. Houve uma troca de tiros e os bandidos, a bordo de um Cross Fox branco, com restrição de roubo, placa OUI-3900, de Salvador, aceleraram e acabaram batendo contra um Siena branco que entrava na rua, vindo da Abelardo Andrade.
O CrossFox ocupado pelo trio de assaltantes capotou e atingiu quatro pessoas que estavam na calçada de uma imóvel residencial, onde também funciona um serviço de laqueamento de móveis. Edelzuita Cerqueira, de 53 anos, foi atingida pelo carro e morreu no local.
Outras três pessoas que estavam na calçada também ficaram feridas e foram levadas ao Hospital Geral do Estado (HGE). São Lindinalva de Assis, 39, um idoso identificado como Manuel Pereira da Silva, e Talia Almeida Vieira, 19.
O ocupante do Siena branco, atingido pelo carro dos bandidos durante a perseguição, teve ferimentos leves e foi levado ao posto de saúde do Marback. Ele foi identificado como Airton Cesarrone Bruno, 22.
Um dos assaltantes também ficou ferido e morreu a caminho do HGE. O nome dele não foi divulgado pela polícia. Os outros dois conseguiram fugir. “Os dois meliantes conseguiram fugir porque, para a Polícia Militar, o que é mais importante é a vida. Por isso, de imediato, optamos por prestar socorro às vítimas”, disse o capitão Thomas.
O veículo utilizado pelos assaltantes, um CrossFox branco, possui diversas marcas de disparos de arma de fogo nos vidros, do mesmo lado do motorista. Já o veículo atingido por eles, o Siena branca, ficou com a parte da frente destruída, mas não provocou ferimentos graves no motorista.
Celular roubado
Toda a ação dos bandidos foi ouvido por telefone pelo irmão de uma das vítimas do assalto. Uma administradora de 42 anos, moradora da Boca do Rio, estava ao telefone com o irmão quando foi abordada, na Rua Heitor Dias, também na Boca do Rio, por um dos ocupantes do CrossFox. Segundo ela, era um homem negro de baixa estatura.
O celular foi levado, mas o irmão da vítima não encerrou a ligação e ouviu tudo. Após roubar o celular da administradora na Boca do Rio, o grupo seguiu para a Estrada das Barreiras e, depois, retornou à Boca do Rio. No percurso, abordaram pelo menos mais cinco pessoas. O rapaz chegou a ouvir os tiros e até o capotamento.
Ao encontrar com o irmão, em casa, a mulher foi até a 9ª Delegacia (Boca do Rio) na tentativa de recuperar o celular roubado. No local, ela encontrou mais nove pessoas que relatavam ter sido assaltadas pelo mesmo grupo. A vítima do assalto foi até o local e, até às 22h30 desta quinta-feira (2), ainda aguardava para recuperar o aparelho, que está dentro do carro capotado.
Veja a cena após a perseguição e o atropelo:
Fonte: Correio24Horas
Reações:

Postar um comentário

 
Top