Clube e o agente alegam o desaparecimento do atleta, que não compareceu ao treino na manhã desta segunda-feira, no estádio Jayme Cintra, em Jundiaí
23/01/2017 14h09 - Atualizado em 23/01/2017 15h51
Por Natália de Oliveira
Jundiaí, SP
Boletim de ocorrência registrado pelo Paulista e Alberto contra Brendon (Foto: Arquivo Pessoal)Alberto e o Paulista registram desaparecimento de Brendon em delegacia de Jundiaí (Foto: Arquivo Pessoal)
O Paulista Futebol Clube e o empresário de Brendon Matheus, o ex-atacante de Palmeiras e Santos, Alberto registraram um boletim de ocorrência no 3º DP da cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo. No documento, o clube e o agente alegam o desaparecimento do atleta, que nega ter falsificado os documentos de registro junto ao clube e FPF, além de falsidade ideológica e fé pública, que é o crime de falsificação de documento público. 
O atleta foi denunciado pelo Batatais, derrotado pelo Paulista na semifinal do torneio. Segundo reportagem da ESPN, Brendon, na verdade, seria Helton Matheus Cardoso, nascido em 1994, e não em 1997, como consta em seu registro na federação. Assim, ele teria 22 anos, e não 20, idade que o impediria de disputar o torneio juniores. 
Reações:

Postar um comentário

 
Top