Municípios tiveram situação reconhecida nesta terça-feira (22).
Locais passam a ter acesso a ações de apoio para restabelecer serviços.

Meio à seca, plantação de abbóbora também não vinga na propriedade de Manoel (Foto: Henrique Mendes / G1)Estiagem na Bahia (Foto: Henrique Mendes / G1)
As cidades baianas de Dom Basílio, no sudoeste do estado, e São Desidério, na região oeste, tiveram a situação de emergência por conta da seca e da estiagem, respectivamente, reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional nesta terça-feira (22), em publicação no Diário Oficial da União (DOU).
Com a medida, os municípios passam a ter acesso às ações de apoio federal para  restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução das áreas danificadas.
Segundo o ministério, a medida foi adotada em decorrência das chuvas de granizo no sul do país e do extenso período de seca e estiagem na região nordeste, sudeste e centro-oeste. Além da Bahia, também são contemplados municípios de Minas Gerais, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Maranhão. O apoio federal é complementar à atuação dos estados e municípios.
Já a Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec) reconheceu situação de emergência por conta da estiagem em 72 cidades baianas, entre elas a de Dom Basílio, de acordo com lista publicada no site da pasta. Haviam ainda mais três pedidos para inclusão de municípios na relação, a exemplo de São Desidério, e mais um aguardando a publicação.
Do: g1-BA
Reações:

Postar um comentário

 
Top