Corpo foi encontrado ensanguentado, de bruços e com requintes de crueldade

Ezequiel Leandro Vieira Alcântara, 14, é o nome do menino de apenas 14 anos, encontrado morto na manhã desta sexta-feira (26), num matagal próximo as ‘Casinhas’, como é denominado o Conjunto Habitacional São Bartolomeu II, que se integra a outros dois conjuntos habitacionais que ficam distante aproximadamente 2km da cidade de Euclides da Cunha.
 
Segundo informações colhidas pela equipe de reportagem do site euclidesdacunha.com, o menino foi encontrado pelo pai por volta das 10h, quase 24 horas após ser visto pela última vez, na proximidade da residência dos pais, com quem morava há pouco tempo.
 
Ezequiel foi encontrado numa propriedade privada, no meio de uma mata fechada e espinhosa, distante cerca de 300m das moradias populares. Seu corpo estava ensanguentado, de bruços e com requintes de crueldade.
 
Ainda não se sabe as circunstâncias do crime, nem detalhes sobre qual tipo de arma foi usada para tirar a vida do menino. Suspeita-se que ele estava envolvido com drogas em sua localidade.
 
Policiais civis e militares e agentes da Guarda Civil Municipal estiveram no local, preservando a área, controlando os curiosos e fazendo abertura da mata para que a equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) pudesse, posteriormente, efetuar a remoção do corpo, e perícia técnica.

A Polícia Civil já iniciou uma investigação para apurar o crime e tentar identificar e prender o (s) autor (es).
 
No período da tarde desta sexta-feira, a Polícia Civil de Euclides da Cunha começou a colher depoimentos com pessoas do conjunto habitacional e familiares da vítima, para obter informações que possam ajudar a esclarecer o crime, além de auxiliar na investigação.

do: http://www.euclidesdacunha.com/
Reações:

Postar um comentário

 
Top