Os rodoviários de Salvador aprovaram nesta quinta-feira (12) a instalação do estado de greve. Segundo o sindicato, em decisão tomada em assembleia pela manhã e referendada à tarde, a categoria criticou a intransigência do patronato, que teria recusado a debater a pauta de reivindicação dos trabalhadores nas seis rodadas de negociação.
Ainda de acordo com a categoria, nenhuma contraproposta foi apresentada em 42 dias de campanha salarial. Foi apresentada na mesa de negociação uma contrapauta considerada lesiva aos trabalhadores, que retira direitos e ainda transfere a data base da categoria para novembro, sem retroativo, de acordo com o Sindicato.
"A contrapauta não apenas foi rejeitada como causou indignação e alavancou a proposta de estado de greve. Os trabalhadores não vão aceitar retrocessos com supressão de direitos nem mudança da data base", afirma o órgão.
do Bocão New
Reações:

Postar um comentário

 
Top