Caso ocorreu na cidade de Feira de Santana, a 100 km de Salvador.
Idoso tem 61 anos e afirmou ter discutido com agressor, diz polícia.

Idoso agredido por lutador de MMA, em Feira de Santana (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)Idoso agredido por lutador de MMA, em Feira de Santana (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Um lutador de MMA é suspeito de agredir um idoso de 61 anos na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador. De acordo com a polícia, o caso ocorreu no dia 11 de maio, mas na quinta-feira (19), o lutador compareceu à delegacia para prestar depoimento e confirmou que houve uma discussão entre ele e a vítima, que é comerciante. Ele foi ouvido e liberado. As informações são do delegado João Rodrigo Uzzum, que investiga o caso, nesta sexta-feira (20).
Lutador na delegaci para prestar depoimento sobre agressão a idoso em Feira de Santana (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)Lutador na delegacia para prestar depoimento
sobre agressão (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
"Em depoimento, ele [o lutador] afirmou que o senhor provocou e eles tiveram um desentendimento com xingamentos. A vítima assumiu que discutiu com o agressor e testemunhas que já foram ouvidas confirmaram, mas contaram que não houve agressão física por parte do idoso", disse Uzzum.
"Ele [o lutador] disse também que chegou próximo do senhor e no instante que tentou imobilizar a vítima durante a discussão, caiu por cima do idoso, o que o deixou bastante machucado. Já as testemunhas falam que o homem deu um murro na vítima", completa o delegado. No dia da ocorrência, o idoso sofreu graves lesões, com fratura no osso do tórax, fissura na costela, e várias escoriações pelo corpo e rosto.
Segundo Uzzum, o suspeito possui cerca de 1,90m e 105 kg. Ele não detalhou as medidas da vítima, mas disse que o idoso não tinha condições de enfrentar o lutador. O idoso passou por exames de lesão corporal e a polícia aguarda a chegada dos laudos para concluir o inquérito.
Idoso sofreu escoriações e ficou muito machucado, após agressão em Feira de Santana (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)Idoso sofreu escoriações e ficou muito machucado
(Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Uzum também informou que a polícia vai verificar a extensão da lesão, se for de natureza leve, vai para o juizado especial criminal, mas se for uma lesão de natureza grave, vai para a vara criminal normal. O agressor pode ser condenado a uma pena de reclusão, mas o tempo não foi informado.
O delegado contou que o lutador já cumpriu uma pena alternativa também por conta de agressão e o inquérito foi arquivado. Segundo Uzum, o homem se envolveu em uma briga com o porteiro de um prédio. 
G1 - BA
Reações:

Postar um comentário

 
Top