Por volta das 3:20h da madrugada desta quinta-feira, 12 de fevereiro de 2016, Bruna Larissa Rodrigues dos Santos, 17 anos, faleceu no Hospital Municipal de Jacobina, após ser internada com sintomas que se assemelhavam a Dengue e Zika.

Bruna foi colocada no Sistema de Regulação, mas, acabou vindo a óbito antes de conseguir transferência. Familiares e amigos estão revoltados com a falta de urgência na transferência, pois o quadro da Bruna era considerado grave e não conseguia se comunicar nem se mover. Segundo informações, a jovem que sofria com anemia e foi socorrida com dores em uma das pernas de Itaitu na última terça (09), seria transferida com suspeita de Guillain-Barré pois não respondia os movimentos corporais, afetando o seu quadro neurológica.

Uma jovem membro da família que acompanhou todo o sofrimento disse que Bruna esteve curtindo o final de semana nas cachoeiras de Itaitu, e que foram pegos de surpresa com uma tragédia na família. A mesma alegou que foi comentado também uma suspeita de minigite bacteriana. O caso poderá ficar sem uma definição concreta da morte, pois na dor da perca, ao que indica, não será feito exames e perícia. O corpo segue sendo velado na Rua Padre Germano e o sepultamento será realizado as 15h desta quinta-feira, 12 no Cemitério de Itaitu, onde reside familiares.
(Augusto Urgente)
Reações:

Postar um comentário

 
Top