A vontade de que o responsável pelo assassinato da garota Beatriz Angélica Mota seja preso urgentemente está levando pessoas a buscar culpados em todos os cantos, com condenações imediatas nas redes sociais o que pode trazer complicações para inocentes.
Na tarde desta sexta-feira (26), a prisão de um andarilho no bairro de Pernambués em Salvador, imediatamente viralizou nas redes sociais em Juazeiro e Petrolina, como se a Polícia tivesse finalmente prendido o assassino de Beatriz.
Pelo grupo do whatsapp da Assessoria da Polícia Civil de Petrolina, do qual o Blog faz parte, o delegado responsável pela investigação Marceone Ferreira se manifestou descartando que ele seja o autor do crime. Veja a declaração do Delegado: “Pessoal, ele é andarilho, nitidamente com problema mental, conta uma versão sem pé e sem cabeça. Praticamente descartado”.
REPERCUSSÃO
O fato ganhou repercussão depois que o site Bahia Notícias publicou que um homem com características semelhantes ao do retrato falado do suspeito de ter matado a menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, foi preso nesta sexta-feira (26) no bairro de Pernambués, em Salvador. Segundo informações obtidas pelo site, o homem foi preso pela Polícia Militar e conduzido ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi ouvido. Ainda de acordo com as informações, o homem é um andarilho, não possui documentos e não saberia dizer o próprio nome. A Polícia Militar pernambucana já foi comunicada do fato. O rapaz vai ser levado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passará por exame de identificação criminal e terá material genético coletado. Beatriz foi morta em 10 de dezembro do ano passado, durante uma festa de formatura em uma escola de Petrolina (PE)
Fonte. Geraldojose
Reações:

Postar um comentário

 
Top