riachao_QzBpOhC

 Já passa de 2 mil o número de pessoas desabrigadas no município de Riachão do Jacuípe, a cerca de 200 quilômetros de Salvador, após as fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias, segundo informou neste sábado a prefeita Tânia Alves.

De acordo com a gestora, quase 600 famílias que precisaram deixar as casas já foram cadastradas pela prefeitura e estão alojadas no ginásio de esportes, abrigos e escolas municipais. Outras pessoas foram para casa de parente. As vítimas contam com doações feitas por moradores de cidades vizinhas.

“As pessoas estão sendo solidárias. Várias pessoas de cidades vizinhas estão fazendo campanhas de arrecadação e enviando alimentos roupas e água. A solidariedade é imensa, graças a Deus. Também estamos recebendo donativos de órgãos públicos de outros municípios e de igrejas”, destacou a prefeita.

riachao_QzBpOhCTânia afirma que o que mais as pessoas estão precisando é de água potável, já que o abastecimento foi suspenso no município após o rompimento de uma adutora depois das chuvas. Outras sete cidades ficaram sem água, segundo a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

“A empresa está trabalhando para resolver o problema, mas ainda não foi normalizado. Falta água desde ontem. Também ainda temos dois bairros sem energia eletrica [Jatobá e Barra]”, destacou. O fornecimento de energia foi interrompido pela Coelba, que disse que a medida teve como objetivo garantir a segurança dos moradores em relação aos riscos elétricos.

Neste sábado, conforme a prefeita, a chuva deu um trégua, mas os moradores aindam temem que novos temporais possam atingir o município.

Caos
Na madrugada de sexta-feira (22), o município ficou “Ilhado” porque a ponte que que dá acesso à cidade foi invadida pelo Rio Boqueirão, na BR-324, e cedeu parcialmente com a força da água. O trecho está interditado.

Os principais bairros atingidos são Alto do Cruzeiro, Alto do Cemitério, Bela Vista, Ranchinho, Jatobá e Barra. “A demanda de atendimentos é muito grande. As pessoas foram pegas de surpresa com a enchete”, detalhou o secretário municipal de Administração, Walfredo Júnior.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram encaminhadas para o município de Riachão do Jacuípe para ajudar as famílias afetadas.

Previsão de tempo
A previsão é de que o tempo continue fechado no domingo (24), segundo previsão do serviço de meteorologia do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O céu permanece encoberto e chuvoso em todo o estado devido a uma extensa banda de nebulosidade que atua desde o sul da Amazônia até o Sudeste e parte do Nordeste brasileiro.

As regiões onde esse sistema meteorológico influencia o tempo com maior intensidade são o Oeste, São Francisco, Norte, Chapada Diamantina, Sudoeste e Sul, onde estão previstos eventos de chuvas com intensidade moderada. Os acumulados de chuvas deverão se concentrar no Oeste e São Francisco, podendo estas vir acompanhadas de trovoadas, típicas do verão.

As informações são do G1/BA (Fotos: Foto: Marcos Rogério Guimarães e : Luiz Valdoberto de Oliveira Carneiro)
http://www.portaldenoticias.net/
Reações:

Postar um comentário

 
Top