Aconteceu na última segunda-feira, 30 de novembro, no Colégio Municipal de Andorinha, audiência Pública de recadastramento dos profissionais da educação do município. O objetivo foi atender as diretrizes pactuadas no termo de Ajuste de Conduta (TAC), referente ao procedimento SIMP nº 592.0.34770\2015, instaurado na 5º Promotoria de Justiça de Senhor de Bonfim.
Durante o recadastramento, o promotor de justiça Rui Gomes Sanches, acompanhou o processo cadastral dos servidores do Magistério do município de Andorinha.
''O recadastramento foi uma solução construída, conjuntamente, pelo Ministério Público, Secretaria de Educação de Andorinha, Conselhos de Controle Social e Sindicato representativo dos profissionais do Magistério, com o objetivo de revitalizar a lei municipal que assegura a designação dos professores nas diversas unidades escolares do município e estabelece critérios próprios para as hipóteses de movimentação. 
O método adotado, de comum acordo pelos atores envolvidos, privilegiou o critério da antiguidade, garantindo aos professores o direito de optar, conforme lista divulgada com antecedência, pela escola onde passarão a exercer suas funções''. Destacou o representante do Ministério Público.

Reações:

Postar um comentário

 
Top