Há cerca de um mês o SME (Setor de Missões Especial) do 3º BPM em Juazeiro, passou a suspeitar das características de Nilton da Rua do Buraco, que está residindo atualmente naquela cidade. De forma especial foi mantido contato ente SME de Juazeiro, SI e SME de Bonfim, que concluíram que o homem investigado tratava-se de Nilton Olinda da Silva, autor confesso do crime bárbaro contra Adriano Rodrigues de Jesus, fato ocorrido na madrugada do dia 16 de fevereiro de 2013, quando Nilton arrombou a porta dos fundos da casa de Adriano e o matou covardemente com seis tiros nas costas, ombro e com arma branca desferiu golpes no pescoço.

De posse de informações seguras a Guarnição PETO da 76ª CIPM de Juazeiro, resolveu abordar Nilton nesta quinta-feira, no bairro Malhada da Areia, quando o mesmo tentou ludibriar a Guarnição tentando se passar por outra pessoa de nome Manoel, (nome de seu pai), porém ao perceber seu nervosismo os policiais mantiveram novas buscas e pelas características confirmaram tratar-se de NILTON OLINDA DA SILVA o qual tinha em seu desfavor um mandado de prisão em aberto da Comarca de Senhor do Bonfim.


Nilton encontra-se custodiado na delegacia de Juazeiro e deve ser transferido brevemente para Senhor do Bonfim, até que seja julgado e provavelmente condenado, já que os motivos do homicídio teriam sido fúteis, Nilton havia jurado de morte Adriano, pelo fato de Adriano ter ficado com uma ex-mulher dele, enquanto cumpria prisão.

Relembrando o caso da morte de Adriano em 2013

SEGUNDO HOMICÍDIO EM BONFIM EM 12 DIAS
sábado, 16 de fevereiro de 2013
Foto - do Blog Clebervieira

Foi necropsiado na manhã desse sábado (16), o corpo do jovem ADRIANO RODRIGUES DE JESUS, 25 anos, residente na Rua Leste Brasileira (Rua do Buraco).

De acordo com informações, o autor está sendo indicado como NILTON DE OLINDA SILVA, 36 anos, residente na mesma rua, e que anos atrás havia jurado o Adriano de morte, por causa de um envolvimento entre Adriano e a Ex-esposa de Nilton.

E por volta de 00h10min madrugada desse sábado, o Nilton arrombou a porta dos fundos da casa da vitima, e efetuou seis tiros, atingindo as costas, ombro e ainda desferiu um golpe de arma branca no pescoço.

Um adolescente encontra-se apreendido acusado de coparticipação no crime.


Maravilha Notícias
Reações:

Postar um comentário

 
Top