Peixe já bateu sete penalidades até a rodada 27, mas aproveita mal. Joinville ainda não teve a favor. Figueirense foi punido com 7, contra nenhum de Corinthians e Coxa

Header Espião Estatístico 3 (Foto: Infoesporte)

Jadson penalti Corinthians (Foto: Reprodução)Meia Jadson já fez quatro gols de pênalti para o Corinthians (Foto: Reprodução)
A rodada 27 do Campeonato Brasileiro foi aquela em que mais pênaltis foram marcados até o momento. Foram seis, ao todo, superando os cinco assinalados na 20ª rodada. Com a reta final da competição se aproximando, cada penalidade tem ainda mais relevância. Por isso, o Espião Estatístico do GloboEsporte.com traz um raio-x das infrações. Qual o time com mais pênaltis a favor? E contra? Quais jogadores cometem e sofrem mais essas infrações? E os cobradores perfeitos? Qual o árbitro que mais apontou a marca da cal?
Nos 270 jogos já disputados, foram marcados 63 pênaltis - o que significa uma média de 2,33 por rodada. Desse total, 47 foram convertidos pelos cobradores. Outros 16 foram desperdiçados, seja por defesas dos goleiros (11), indo direto para fora (3) ou batendo na trave ou travessão (2).
Corinthians e Coritiba são os únicos times que ainda não tiveram pênaltis marcados contra si. No outro extremo, o Figueirense é quem mais sofre, nesse aspecto: já teve sete pênaltis contra. Um dos que vêm logo atrás do time catarinense é o Atlético-MG, concorrente ao título e que já teve cinco pênaltis anotados contra si, mesmo número de Atlético-PR, Flamengo, Internacional e Vasco e um a mais que Fluminense e Palmeiras.
Victor defende pênalti para o Atlético-MG (Foto: Bruno Cantini/ Flickr Atlético-MG)Goleiros pegaram 11: Weverton (Atlético-PR) e Victor (Atlético-MG) se destacam (Foto: Bruno Cantini/ Flickr Atlético-MG)
Quando o assunto é a marcação a favor, melhor para o Santos, que já bateu sete. O Goiás está na cola, com seis pênaltis cobrados, seguido de Sport (5), Atlético-PR (4) e Avaí (4). Há apenas um time que após 27 partidas ainda não teve nenhuma chance de marcar de pênalti: o lanterna Joinville. Além do JEC, Palmeiras (1), Coritiba (1), Cruzeiro (2), Figueirense (2) e Flamengo (2) também estão no pé da lista de pênaltis a favor.
Se houvesse um "saldo de pênaltis", o G-4 seria composto por Corinthians, Santos, Sport, cada um deles com quatro, além do Goiás, com três. Na suposta zona do rebaixamento do quesito estariam: Figueirense (-5), Flamengo, Joinville e Palmeiras (cada um com -3). Confira na tabela ao lado.
Tabela de pênaltis até a rodada 27 do Brasileirão (Foto: Editoria de Arte)

Apesar de ter tido a chance de cobrar sete penalidades, o Peixe tem sérios problemas em acertar o alvo. Foi o time que mais perdeu, sendo todas as quatro desperdiçadas justamente pelo artilheiro do Brasileirão, Ricardo Oliveira. Insistindo em bater sempre no canto direito do goleiro, o santista cobrou seis dos sete da equipe e só fez gol em duas oportunidades. Além dele, só um jogador errou mais de uma vez no campeonato: o meia Douglas (Grêmio), que desperdiçou duas das três chances que teve.
Ricardo Oliveira Santos perde pênalti Atlético-PR (Foto: Giuliano Gomes / PR PRESS)Santista Ricardo Oliveira perdeu quatro pênaltis (Foto: Giuliano Gomes / PR PRESS)
Mas há quem não vacila quando está na marca a 11 metros da meta. A lista dos cobradores perfeitos até agora é encabeçada por Jadson (Corinthians), que bateu e converteu quatro. Também se destacam nela: Rogério Ceni (São Paulo), Lucas Pratto (Atlético-MG), Erik (Goiás) e Diego Souza(Sport), que acertaram todos os três que bateram.
Curiosamente, quando se avalia onde os jogadores chutam seus pênaltis, nota-se que os tiros que vão nos quadrantes centrais baixos, em tese mais fáceis de serem cobertos pelos goleiros, têm sido todos convertidos.
Confira em qual parte da meta os jogadores mais cobram e onde acertam:
Info - cobranças de pênaltis (Foto: Editoria de Arte)
Há quem não seja o principal responsável por cobrar pênaltis, mas ajuda sofrendo a infração que pode resultar num gol. Aí, valem ser citados Lucas Lima (Santos), Vagner Love (Corinthians) e Erik (Goiás). Cada um desses sofreu dois.
Com relação a cometê-los o zagueiro Kadu (Atlético-PR) é o líder. Foram quatro penalidades protagonizadas pelo defensor, duas delas por colocar a mão na bola. Menos mal para Kadu que é justamente o goleiro do Furacão o mais efetivo nos pênaltis cobrados contra si. Weverton já fez três defesas, isso num total de cinco cobranças. Excelente desempenho. Outro que se destaca éVictor, do Atlético-MG, que pegou dois de cinco batidos contra o Galo.
Curiosidades de pênaltis até a rodada 27 do Brasileirão (Foto: Editoria de Arte)
Árbitro Wilton Pereira Sampaio (Foto: André Durão)Wilton Pereira Sampaio marcou seis pênaltis, assim como Anderson Daronco (Foto: André Durão)
É claro que nem todos os pênaltis foram bem marcados. Entre os lances, no mínimo, polêmicos estão o pênalti marcado para o Santos contra o Avaí, em que Lucas Lima se desequilibra sozinho; para o Internacional contra o Joinville, em que Vitinho é tocado fora da área; para o Corinthians contra o Figueirense, em que Vagner Love se atira antes do contato com o marcador; para o Avaí contra o Internacional em que Paulão não derruba Léo Gamalho; entre outros.
Com ou sem falhas, quais seriam os árbitros que mais dão pênalti no Brasileirão 2015? São dois os principais: Anderson Daronco e Wilton Pereira Sampaio, cada um com seis pênaltis marcados. Em seguida vêm Luiz Flávio de Oliveira e Marcelo de Lima Henrique, com cinco. Fechando o sexteto que mais aponta para a marca da cal estão Raphael Claus e Sandro Meira Ricci, com quatro penalidades cada um.
*A equipe do Espião Estatístico é formada por: Bruno Marques, Davi Barros, Guilherme Marçal, Gustavo Pereira, Igor Gonçalves, Leandro Silva, Pedro Lopes, Roberto Teixeira e Valmir Storti.
Reações:

Postar um comentário

 
Top