Uma reunião com alguns dos maiores nomes do esporte nacional marcou o início dos Jogos Escolares da Juventude Fortaleza 2015, etapa de 12 a 14 anos. Nesta quinta-feira, dia 3, na Arena Castelão, atletas olímpicos e pan-americanos foram apresentados como embaixadores do evento. À noite, ainda nesta quinta, acontece a cerimônia de abertura dos Jogos, no Ginásio Paulo Sarasate. Durante nove dias, a capital cearense recebe mais de 3.850 estudantes-atletas de todo o Brasil, reunidos na disputa em 13 modalidades, além de ações socioambientais e culturais. As competições individuais têm início nesta sexta, dia 4, no Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO) e no Centro de Eventos do Ceará. As modalidades coletivas serão realizadas a partir de 8 de setembro.

O ex-maratonista e medalhista Vanderlei Cordeiro de Lima integra o grupo de embaixadores dos Jogos Escolares e não vê a hora de interagir com os jovens atletas. "A escola me deu a oportunidade de conhecer o esporte. Estar aqui e fazer parte deste grande time de embaixadores é uma forma de retribuir tudo aquilo que o esporte me proporcionou. O esporte tem um poder de transformação muito grande. Transformou a minha vida e pode transformar a desses jovens também"", declarou o único brasileiro a receber do Comitê Olímpico Internacional (COI) a medalha Pierre de Coubertin.
 
Completam o time de embaixadores do Jogos Escolares Fortaleza 2015, Luiz Henrique Dias dos Santos Junior (badminton), Josuel Santos (basquete), Franklin Roosevelt Bueres Junior (futsal), Ana Paula Casetta (ciclismo), Luisa Harumi Matsuo (ginástica rítmica), Deborah Hannah (handebol), Luciano Correa (judô), Antoine Jaoude (lutas), Joanna Maranhão (natação), Ligia Silva (tênis de mesa) e Hélia Rogerio de Souza Pinto – Fofão (vôlei). Todos acompanharão odesempenho dos estudantes-atletas durante o evento.
 
Para o diretor geral dos Jogos Escolares, Edgar Hubner, Fortaleza maracá de forma positiva todos os participantes. "Este é um momento muito importante para o Comitê Olímpico do Brasil (COB) por dar início às atividades dos Jogos Escolares da Juventude. A gente entende os desafios quando se realiza um evento desta magnitude e acreditamos que os Jogos serão um sucesso", afirma Hubner, ao apresentar detalhes sobre o evento. "Na fase individual, conseguimos centralizar as atividades em três locais de competição. Como reconhecimento do evento, também teremos a participação de uma delegação da Argentina e de observadores internacionais vindos do Japão. Também formaremos as seleções de base que representarão o Brasil em eventos internacionais", explica.
 
O mesmo sentimento de importância dos Jogos Escolares para a formação dos jovens é compartilhado pelo vice-presidente da Coca-Cola Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016, Flávio Camelier.  "Celebramos três anos de parceria com o COB nesta edição dos Jogos Escolares da Juventude e essa união nos enche de orgulho. Estamos na maior competição escolar esportiva do Brasil ou, até mesmo do mundo, consideradas as fases municipais e estaduais, que se consagrou como importante celeiro para formação de atletas. Mas o mais importante é a influência positiva dos Jogos na vida de milhões de jovens", declara Camelier.
 
Já o secretário do Esporte do Estado do Ceará, Jeová Mota, mostra-se orgulhoso pela realização dos Jogos e receptivo ao recepcionar estudantes-atletas de vários cantos do Brasil no estado. "O Ceará e, mais precisamente, Fortaleza estão de braços abertos para receber todos vocês. Até 12 de setembro, nossa cidade será a capital brasileira do esporte estudantil. Esperamos que seja uma experiência maravilhosa", deseja o secretário.
 
Participantes – Com números impressionantes, os Jogos Escolares contemplam mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, com representantes de 40 mil escolas de quase 4 mil cidades do Brasil. A fase nacional, organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) desde 2005, reúne em cada faixa etária atletas dos 26 estados da Federação mais o Distrito Federal. Atualmente, os estudantes-atletas participam das seguintes modalidades: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei. Após Fortaleza, será realizada a etapa nacional para jovens de 15 a 17 anos, em Londrina (PR), no mês de novembro.
 
Ações culturais e socioambientais – Através do tema "Igualdade de Gêneros no Esporte", o Centro de Convivência dos Jogos Escolares da Juventude, instalado no Centro de Eventos do Ceará, traz diversas ações para os participantes. O conteúdo foi desenvolvido com a colaboração da ONU Mulheres, organização global para o progresso das mulheres e meninas ao redor do mundo.
 
No Centro de Convivência, no Espaço Coca-Cola, ainda é possível ver de perto as tochas dos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992, Atlanta 1996, Atenas 2004, Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016 e ter a chance de ser escolhido para o Revezamento da Tocha Olímpica no ano que vem. Também se pode ter acesso ao acervo da biblioteca do COB; conhecer o Ginga, a onça pintada mascote do Time Brasil; participar de oficinas de grafite e skate; assistir a apresentações culturais, demonstrações de parkour e filmes sobre desportos; jogar tênis de mesa e totó; além de outras atividades.
 
Nesta sexta, dia 4, às 8h30, no Parque Ecológico do Cocó, estudantes-atletas e embaixadores participam do plantio de árvores em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. No sábado, dia 5, a partir das 19h, no Centro de Eventos do Ceará, ocorre uma reunião com atletas líderes, para debater temas referentes ao evento e à realização dos próximos jogos.
 
Clínicas – Os participantes dos Jogos Escolares também terão a oportunidade de acompanharclínicas esportivas e conhecer outras modalidades. Até esta sexta, dia 4, participam de atividades de tiro com arco. Entre os dias 5 e 8 de setembro, é a vez do hóquei sobre a grama. Por último, de 9 a 11, jogam basquete 3 x 3.
 
Seleção – Em Fortaleza, estudantes-atletas de judô, basquete e vôlei são observados por técnicos e membros das Confederações Brasileiras Olímpicas. Alguns serão escolhidos para formar a Seleção Escolar e realizar treinamentos com as equipes nacionais de base das modalidades. Na capital cearense, também serão escolhidos representantes do Brasil para os Jogos Sul-americanos da Juventude, em Assunção do Paraguai, a ser realizado no fim deste ano.
 
Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio do Governo do Ceará e da Prefeitura Municipal de Fortaleza e patrocínio máster da Coca-Cola.

http://www.cob.org.br/pt/Noticia/fortaleza-ce-recebe-o-futuro-do-esporte-brasileiro-com-os-jogos-escolares-da-juventude

fonte: jaguarari acontece
Reações:

Postar um comentário

 
Top