001
O que era para ser uma noite de muita música brega na churrascaria Novilho Grill, com o cantor Júlio Nascimento, se transformou em prejuízo para o estabelecimento. É o que afirma Dielson Lisboa, dono do espaço de shows, localizado no bairro de Águas Claras. Segundo o empresário, Júlio se negou a subir no palco no último sábado (19), depois de estar tudo pronto e ingressos vendidos para o show.
“Ele me procurou disse que queria fazer um show aqui em Águas Claras. Chegou a me falar que Júlio Nascimento se apresentava até para uma pessoa. Quando chegou aqui, ele [cantor] simplesmente disse que não iria tocar e foi embora”, disse Lisboa. “O pessoal que veio conferir o show dele, que pagou pelos ingressos, ficou revoltado, e eu tive que devolver o dinheiro para não arranjar problemas, mesmo eu não tendo culpa de nada”, completou.
002
O dono do estabelecimento alega ter tido um prejuízo em torno de R$ 2.600 com o pagamento de outra banda, aluguel de som e divulgação do evento. “Eu fiquei no prejuízo. Ele prometeu pagar o som, a outra banda que veio se apresentar e também não pagou”, afirmou. Segundo Lisboa, outro empresário também teve prejuízo. “Adelson do Casarão também ficou no prejuízo porque colocou o carro de som a semana toda para divulgar o evento e também não recebeu nada”, revelou.
Valternei Nascimento, produtor do cantor, que explicou o ocorrido. “O artista não se apresentou por falta de público. O artista não é obrigado a subir no palco com 45 pessoas. Não teve nada demais. Houve a devolução dos ingressos e o artista mandou devolver o dinheiro. O show foi cancelado e isso é normal”, contou.
O produtor afirmou que além da falta de público, um tiroteio na chegada do artista ao espaço de show teria motivado também o cancelamento da apresentação. “Além da falta de público, teve um tiroteio na frente da casa de show logo na chegada do artista. O que também influenciou para o artista não subir ao palco”, justificou.
Questionado sobre o prejuízo do dono do estabelecimento, Valtenei negou que haverá ressarcimento, pois não houve contrato e que a equipe do cantor também foi prejudicada. “Todo mundo tomou prejuízo. Eu trabalhei durante três dias e tive prejuízo. Simplesmente, o show foi cancelado por falta de público, não teve mídia, o acordo foi fechado boca a boca e cada um assume o seu”, finalizou. 


Leia mais: http://www.portallformosa.com/news/de-novo-julio-nascimento-se-recusa-a-cantar-por-falta-de-publico-na-bahia/#.VgNsfA4cHNM.facebook
Reações:

Postar um comentário

 
Top