Rede nacionalista N1TV, ligado à extrema direita do país, demitiu Petra László após episódio
Do R7
A repórter cinematográfica Petra László, da TV nacionalista húngara N1TV, foi flagrada chutando duas crianças refugiadas e aplicando uma rasteira em um homem com uma criança no colo, informou o jornal britânico The Guardian. O caso ocorreu na cidade húngara de Rőszke, perto da fronteira com a Sérvia.
O repórter Stephan Richter, da TV alemã RTL, gravou a cena em vídeo e postou no Twitter.
Ligada ao partido Jobbik, de extrema direita, a N1TV informou, por meio de uma mensagem em seu site.que Petra foi demitida por “comportamento inaceitável”.
Reações:

Postar um comentário

 
Top