Durante o feriado da independência, a viagem com destino Aracaju foi um sucesso com a turma que confiou e confia no trabalho do Martins.
Simplesmente fantástico está com este grupo, curtindo o feriadão da Independência do Brasil, abraço a todos e até em breve.

Aracaju é um desses lugares que despertam no forasteiro a sensação de ter descoberto um lugar onde morar pode ser ainda mais interessante do que visitar.
A cidade se espalha entre dois rios caudalosos, o Sergipe e o Vaza-Barris. O rio Sergipe é sua fronteira norte; a cidade nasceu ali. Imediatamente ao sul está 13 de Julho, o bairro mais elegante, cuja avenida principal bordeja um manguezal viçoso transformado em parque. A ilhota da Coroa do Meio conduz à praia da Atalaia, que ganhou uma belíssima urbanização nos últimos anos – e que é sucedida por vinte quilômetros de areias semisselvagens até a praia do Mosqueiro, no Vaza-Barris.
A novidade é que a cidade não é mais contida pelos rios: duas pontes construídas nos útimos anos ligam a capital às praias do norte e do sul.






Reações:

Postar um comentário

 
Top